Pessoas de todas as idades podem sofrer de dores no peito causadas por várias causas, como ansiedade ou ataques de pânico. Em casos graves, as dores podem indicar problemas nos pulmões ou artérias, além de ataques cardíacos. Você pode parar aqueles devido à ansiedade, controlando a respiração e diminuindo a velocidade. Para as condições mais preocupantes, incluindo ataques cardíacos, consulte o seu médico ou a sala de emergência imediatamente.

Pare a dor causada pela respiração.

Lenta sua respiração.

 Os que sofrem de ansiedade costumam sentir dor no peito devido à respiração rápida e profunda demais. Isso pode levar a dores dolorosas perto do coração.Para aliviá-los, respire mais devagar e sem introduzir muito ar nos pulmões. Inspire normalmente por alguns segundos.

  • Se a dor que você sente é aguda e você pode trazê-la de volta a um ponto específico, não é um ataque cardíaco. A dor de um ataque se espalha e não tem um ponto de origem preciso.

Seja tranquilizado por um amigo ou parente. 

Peça a um ente querido que se acalme com frases como “Este não é um ataque cardíaco” e “Você não vai morrer”. Se o fizer em um tom relaxado e agradável, contribuirá para o aumento dos níveis de dióxido de carbono no sangue e para reduzir a hiperventilação.

  • A hiperventilação é um sintoma comum de ataques de pânico. Faz com que os vasos sanguíneos no peito se contraiam, o que causa dor aguda.
  • Se você costuma sofrer ataques de ansiedade ou pânico, consulte um médico ou psicólogo. Terapia e medicamentos podem ajudar a reduzir a ansiedade e seus efeitos, limitando a dor no peito.

Aprenda a respirar com os lábios enrolados.

 Imagine soprar uma vela e expirar lentamente pela boca. Faça isso até se sentir mais calmo e controlar a hiperventilação. Respirar dessa maneira aumenta o nível de dióxido de carbono no corpo e ajuda a relaxar. 

  • Não é recomendado respirar em um saco de papel para reduzir a hiperventilação.

Consulte o seu médico se sentir dor constante no peito. 

O médico examinará você para avaliar se você tem problemas nos pulmões que podem causar dor. Essas patologias incluem embolias pulmonares (trombos nos pulmões) e hipertensão pulmonar.

  • Dores constantes no peito podem até indicar colapso do pulmão.

Pergunte ao seu médico para verificar se você tem pleurisia.

 Se você não sofre de ansiedade, mas sente dor constante no peito, pode ter essa patologia, que causa inflamação das membranas externas dos pulmões, que se esfregam. O problema pode ser curado com medicamentos.

  • Se você tiver pleurisia, a dor se tornará mais aguda durante o exercício, porque você respira mais profundamente.

> QUER SABER COMO Diagnosticar dor torácica intensa e crônica ? LEIA A MATÉRIA ABAIXO : 

https://www.expressosaude.com/saude/1951/diagnosticar-dor-toracica-intensa-e-cronica-no-peito/