1. Consulte o seu médico se sentir dor constante no peito. O médico examinará você para avaliar se você tem problemas nos pulmões que podem causar dor. Essas patologias incluem embolias pulmonares (trombos nos pulmões) e hipertensão pulmonar.
    • Dores constantes no peito podem até indicar colapso do pulmão.
  2. Reconheça os sintomas de um ataque cardíaco. Os ataques ocorrem quando um coágulo sanguíneo atinge o coração e bloqueia parte da corrente sanguínea. Eles também podem ser causados ​​pela redução no diâmetro das artérias, devido ao acúmulo de placas. Cuidado com as dores no peito que você experimenta. A dor de um ataque geralmente se espalha e não pode ser rastreada até um único ponto. Os sinais de um ataque incluem:
    • Falta de ar e sudorese.
    • Vomito o nausea.
    • Tontura e pulso rápido.
    • Dor que se espalha para fora do peito.
  3. Ligue 113. Os ataques cardíacos são graves e requerem tratamento imediato. Não peça a um amigo ou parente para levá-lo à sala de emergência. Ligue para uma ambulância, para que você possa obter ajuda oportuna se sua condição piorar. 
  4. Mastigue aspirina se sentir sintomas de um ataque cardíaco. Enquanto espera a ambulância chegar ou enquanto viaja para o hospital, mastigue e engula um comprimido de aspirina adulto.Este medicamento torna o sangue menos denso e reduz a dor no peito.
    • Não tome aspirina se você é alérgico.
    • Se o seu médico receitou nitroglicerina para o mesmo efeito terapêutico, tome-o de acordo com as indicações.

Dicas

  • Só porque você tem sintomas semelhantes aos de um ataque cardíaco, não significa que o diagnóstico seja certo. Por exemplo, um problema comum como úlcera peptídica pode criar sintomas difíceis de distinguir da angina.
  • Se você tiver problemas de saúde, visite sempre um médico para obter um diagnóstico preciso.

Avisos

  • Ataques cardíacos podem ser fatais. Se você pensa que tem um ataque, não espere que sua condição piore. Ligue para uma ambulância agora.